Push Shot-aulas e dicas de golfe

você quer evitar bater um empurrão por algumas razões. Primeiro, e mais obviamente, você não quer empurrar a bola porque um empurrão não vai acabar no alvo. A bola estará pelo menos um pouco à direita do fairway ou verde (novamente, para um jogador destro), e você terá que usar seu próximo tiro para voltar à posição. No entanto, perder fora do alvo não é o único problema com um empurrão. Como o rosto do clube quase sempre será deixado aberto ao alvo quando a bola for empurrada, você adicionará loft ao clube e o chute é quase certo que ficará aquém. Então, no final, você fica com um tiro que está off-line e abaixo do alvo pretendido que você selecionou. Obviamente, se você vai postar boas pontuações regularmente, precisará tirar essa falta do seu jogo o mais rápido possível.

se você pousou nesta página, é provável porque você está lutando com um empurrão no seu jogo. Acertar empurrões consistentes no percurso é frustrante, pois você saberá que a bola não tem chance de pousar perto do Alvo assim que sair do seu clube. Para um jogador de golfe destro, um tiro empurrado é aquele que deixa o clube à direita da linha de destino – e nunca mais volta. Esses tipos de tiros geralmente voam bem direto, mas acabam longe do alvo porque foram atingidos na linha errada desde o início.

GOLFE CORREÇÕES PELA PGA PRÓS

Corrigindo O Temido Empurrar Fatia Voo de Bola de Golfe Vídeo Artigo
A Fixação do campo de Golfe de Premir Vídeo Artigo
Problemas com um Empurrão Fatia? Veja como corrigir Vídeo Artigo
o Que é um “Push” Fatia e Como Curar esse Problema Vídeo Artigo
o Que é um “Push” Fatia tacada de Golfe Vídeo Artigo

LIÇÕES

Mudando Um Empurrão Em Um campo de Golfe de Poder Desaparecer Vídeo Artigo
a Prática de Bater Um campo de Golfe e Tiro do impulso Para Aprender Um Poder Fade Vídeo Artigo
O Técnico Detalhes Do Golf Empurrar Fatia Vídeo Artigo

a PRÁTICA de EXERCÍCIOS

Ajustar Para Um Push Mundo Livre De Tiros de Golfe Vídeo Artigo
Exercícios Para Melhorar O Seu Golfe Empurrar Fatia Vídeo Artigo
Golfe Tiro Do Impulso, Cesta De Swing Broca Vídeo Artigo
É Tudo Uma Questão De Equilíbrio Com O Push Problema Vídeo Artigo

questões de golfe

o que causa um tiro de fatia de golfe? Vídeo Artigo

campo de GOLFE de EXERCÍCIOS

Rolando Push-Up do Tórax e do Balanço de Energia Vídeo Artigo
Medicina Bola Para Empurrar para Cima a Força Vídeo Artigo
Rolando Push-Up do Tórax e do Balanço de Energia Vídeo Artigo
Pessoal Empurre para Baixo Para Costas e Ombros Vídeo Artigo

livrar-se de empurrar tiros completamente não possível, como você está sempre indo para fazer balanço ruim e bater tiros pobres de vez em quando – isso acontece com todos. O que você deve tentar fazer, no entanto, é reduzir a frequência de seus disparos. Ao melhorar a mecânica do seu swing, você deve ser capaz de reduzir o número de empurrões que atingiu durante uma rodada média, e sua pontuação deve melhorar como resultado.

neste artigo, discutiremos o tópico de chutes de golfe empurrados de uma variedade de Ângulos. Esperamos deixá-lo com uma compreensão completa deste tópico para que você possa voltar ao alcance e começar a trabalhar para melhorar sua técnica. No final, também discutiremos como os Push shots podem afetar seu jogo curto e o que você pode fazer para corrigir esse erro frustrante.

todo o conteúdo abaixo é escrito a partir da perspectiva de um jogador de golfe destro. Se acontecer de você jogar canhoto, reserve um momento para reverter as direções conforme necessário.
— os dois ingredientes para um empurrão

quase todo jogador de golfe adoraria melhorar seu nível de jogo. Infelizmente, muitos não têm o conhecimento fundamental do jogo que é necessário para fazer progressos significativos. Se você não entende o básico de como o jogo funciona, sempre será difícil corrigir seus erros e endireitar suas fotos.

essa linha de pensamento se aplica à questão do push. Se você não sabe por que está empurrando a bola para a direita do seu alvo uma e outra vez, quase não tem chance de fazer as correções necessárias. Então, nesta seção, vamos explicar o que está acontecendo quando você empurra a bola para a direita. Esse conhecimento por si só não corrigirá automaticamente seu balanço, mas é um grande passo na direção certa.

  • balançando em um caminho de dentro para fora. A primeira metade dessa equação é um caminho de balanço de dentro para fora. Balançar o clube nessa direção vai começar a bola à direita da linha de destino pretendida, o que é necessário para que o tiro seja considerado um empurrão. Há uma variedade de problemas de swing que podem levá-lo a balançar de dentro para fora, e entraremos neles mais adiante no artigo. Neste ponto, basta entender simplesmente que, quando você pressiona, balançou o clube pelo menos um pouco de dentro para fora pela área de rebatida.
  • Quadrado Da Cara Do Clube ao trajeto do balanço. Para acertar um verdadeiro empurrão-onde a bola começa à direita da linha pretendida e voa praticamente em linha reta até cair – você precisará ter o rosto do taco perto do quadrado com seu caminho de balanço quando você impactar a bola. É importante entender que ter o quadrado do rosto para o seu caminho de balanço não é a mesma coisa que tê-lo quadrado para a linha de destino. Se você está balançando de dentro para fora, seu caminho de balanço está apontando para a direita do alvo, e você só vai bater um empurrão se o rosto é aproximadamente quadrado para essa linha de caminho quando você golpeia o tiro. Se o rosto fosse quadrado para a linha alvo no impacto, você acertaria um empate (ou mesmo um gancho) em vez de um empurrão direto. É a combinação de um caminho de balanço de dentro para fora e um rosto de clube que é quadrado para esse caminho de balanço no impacto que o deixará com um empurrão.

devemos reservar um tempo neste ponto para mencionar que um caminho de swing de dentro para fora não é automaticamente uma coisa ruim. Na verdade, balançar o clube ligeiramente de dentro para fora, quando emparelhado com um rosto de clube que é quadrado para a linha de destino no impacto, e levar a um belo empate. Esta é a maneira como muitos dos melhores jogadores de golfe do mundo jogam o jogo. Portanto, se você achar que está trabalhando em seu jogo que seu clube está se movendo de dentro para fora através do impacto, não assuma automaticamente que você precisará fazer grandes mudanças. Contanto que esse caminho de dentro para fora não seja muito dramático, você pode simplesmente precisar ajustar a posição do rosto para voltar aos trilhos.
– erros mecânicos

se você está consistentemente empurrando a bola para a direita do seu alvo, deve ir sem dizer que algo dentro do seu balanço de golfe precisa ser corrigido. Afinal, se o seu swing estivesse funcionando como deveria, a bola estaria encontrando seu caminho para o alvo com mais frequência – e o empurrão não seria um problema. É inevitável que você acerte alguns tiros empurrados de vez em quando, mas considere fazer uma mudança se os tiros empurrados se tornarem a norma, e não a exceção.

Antes de falarmos sobre que tipos de erros mecânicos podem levar a um empurrão, precisamos parar por um momento e garantir que o que você está fazendo seja realmente um empurrão em primeiro lugar. Alguns golfistas pensam que estão dando um empurrão quando na verdade estão apenas acertando um tiro direto com mau alinhamento. Quando você envia a bola voando em um caminho direto para a direita do seu alvo, é importante confirmar que essa falta não foi o resultado de um objetivo ruim. Afinal, se você mirar na direção errada ao tomar sua posição, não importa o quão bom seja seu balanço – a bola ainda não vai encontrar o alvo. Passe algum tempo no intervalo prestando atenção ao seu alinhamento para garantir que isso não seja realmente a causa raiz de seus problemas.

para aqueles que estão perdendo para a direita porque estão acertando tiros empurrados, e não por causa de um objetivo defeituoso, os erros mecânicos listados abaixo podem ser os culpados.

  • um loop no topo. Uma das maneiras mais fáceis de acabar com um caminho de balanço de dentro para fora é fazer um loop no seu balanço no topo. Embora seja possível ter um loop no topo indo em qualquer direção, o que estamos falando aqui é um que cai em direção ao seu corpo enquanto você faz a transição para o downswing. Então, seu backswing é bastante largo e íngreme, com o clube saindo do seu corpo desde o início. Então, como você se move do backswing para o downswing, você deixa cair o clube dentro, e suas mãos ficam muito perto de seu ombro direito antes de começar a balançar para baixo. Isso geralmente colocará o clube bem no interior da linha de destino, e você acabará balançando de dentro para fora para acertar a bola. Se a face do clube acabar quadrada para esse caminho de balanço, um empurrão será o resultado final. Trabalhar – se longe deste tipo de loop na transição pode voltar a melhorar o seu movimento takeaway. Se você tirar o clube imediatamente da bola, poderá evitar esse tipo de loop sem muitos problemas. Infelizmente, alguns jogadores de golfe deixaram o clube fugir para o lado de fora da linha alvo no início do backswing, e esse erro os coloca em apuros mais tarde. Trabalhe para melhorar a maneira como você move o clube de volta da bola durante a fase de takeaway e você deve ser capaz de pelo menos reduzir, se não eliminar, seu loop no topo.
  • deslizando em vez de girar. Este é um grande, e é provavelmente a principal causa de chutes de golfe empurrados no jogo Amador. Durante o downswing, você deve estar virando sua parte inferior do corpo agressivamente em direção ao alvo. Quando isso acontece, é relativamente fácil manter o clube perto do plano certo, e você deve ser capaz de percorrer um caminho muito bom. No entanto, se a rotação da parte inferior do corpo permitir que você desça, uma ampla gama de problemas pode entrar em jogo. Onde muitos jogadores se metem em apuros é durante a transição, quando eles começam o downswing deslizando para a esquerda em vez de girar corretamente. Depois de iniciar essa ação deslizante, é praticamente impossível parar e você provavelmente fará isso até o impacto e até o final. Existem alguns problemas associados ao deslizamento da parte inferior do corpo, e não durante ele. Primeiro, essa ação rotacional pode ajudá-lo a construir muita velocidade, então você estará perdendo essa potência potencial se o seu slide. Além disso, o slide provavelmente deixará o clube cair bem para dentro no topo, e você acabará balançando de dentro para fora como resultado. Isso às vezes é conhecido como ‘ficar preso’, já que o clube pode sentir que está preso um pouco atrás de você enquanto tenta acompanhar o caminho para baixo. Normalmente, uma vez que você está preso, há apenas dois resultados prováveis para o tiro – um empurrão, ou um gancho. O empurrão resultará se você deixar o quadrado do rosto com esse caminho de dentro para fora, enquanto você acertará um gancho se fechar o rosto antes que o impacto chegue. De qualquer forma, o tiro será um pobre, e você ficará procurando respostas. Se você vai se afastar desse problema, será necessário melhorar a maneira como sua parte inferior do corpo funciona na desaceleração. Ao melhorar sua parte inferior do corpo, você pode tornar mais fácil manter o clube à sua frente, e essa posição presa terá menos probabilidade de ocorrer.
  • bola muito longe de sua posição. Este não é um erro mecânico no sentido de algo dar errado com sua ação de balanço real, mas sim se relaciona com o que acontece quando você configura para acertar o tiro. Se você colocar a bola muito longe de sua posição, você pode bater alguns empurrões só porque você não tem espaço suficiente para passar pelo tiro antes de fazer contato. Com a bola mais próxima do pé de trás do que do pé da frente, o impacto chegará cedo, e você pode acertar o tiro enquanto o clube ainda está se movendo para dentro. Se os fundamentos reais do seu swing estiverem em boas condições, considere a possibilidade de que algo tão simples como um ajuste de posição da bola possa endireitar seus tiros.

existem muitas maneiras de um balanço de golfe dar errado. Ao trabalhar em seu próprio swing, considere gravá-lo em vídeo para que você possa ter uma visão objetiva de sua técnica e do que pode precisar ser melhorado. Muitas vezes, é o caso de um jogador pensar que está cometendo um certo erro – apenas para ver mais tarde no vídeo que o problema é outra coisa completamente diferente. Seria uma perda de tempo tentar corrigir erros de balanço que você nem está fazendo, então comece com uma avaliação de vídeo para ter certeza de que está trabalhando nas coisas certas. Na próxima seção, apresentaremos alguns exercícios úteis que você pode usar durante suas sessões de treino para trabalhar longe do problema de tiros empurrados.
— exercícios de balanço úteis

não é fácil traduzir novos conhecimentos sobre o swing de golfe em ação no alcance ou no campo. Mesmo que você saiba o que deve estar tentando fazer, não será necessariamente fácil fazer isso acontecer. Com os dois exercícios listados abaixo, esperamos ajudá-lo a preencher a lacuna entre conhecimento e ação. Considere tentar um ou ambos os exercícios durante uma próxima sessão de treinos.

  • conectado takeaway. Como mencionamos acima, uma das possíveis causas de um caminho de swing de dentro para fora é um mau takeaway que se move muito para fora. Para trabalhar em corrigir isso, tente esta broca simples. Embora você possa realizar esta broca na faixa, você nem vai acertar nenhum tiro com ela – é uma broca apenas para trás. Para começar, você vai querer tirar um dos seus ferros médios da sua bolsa, junto com algumas luvas de golfe. No entanto, você não vai usar essas luvas – você estará colocando debaixo de cada braço e prendendo-os nessa posição para o backswing. Se você não tiver duas luvas disponíveis, qualquer outro item pequeno e macio fará o truque. Com as luvas no lugar sob os braços, tome sua posição e execute um movimento de backswing. O objetivo aqui é manter as luvas firmemente no lugar durante todo o seu backswing. Para fazer isso, você terá que manter seus braços conectados ao seu corpo bem até o topo. Se você deixar seus braços se afastarem demais durante o takeaway, uma ou ambas as luvas cairão. Depois de algumas repetições bem-sucedidas desta broca, coloque essas luvas para o lado e volte a acertar os tiros normais. Tente ter em mente a sensação de ficar conectado com seus braços e você deve descobrir que seu caminho de viagem é melhorado como resultado.
  • fivela de cinto para o alvo. Esta segunda broca é tão simples quanto eles conseguem. Na verdade, você nem fará nada diferente do normal ao acertar seus tiros. Você só vai acertar a bola no intervalo como faria normalmente, só você vai verificar em um ponto específico após cada balanço. Uma vez que a bola é enviada em seu caminho, Mantenha sua posição de chegada e olhar para baixo para verificar a posição da fivela do cinto (ou o botão em suas calças ou shorts, se você não estiver usando um cinto). O objetivo aqui é ter a fivela do cinto apontando para o alvo – ou mesmo um pouco à esquerda do alvo – quando o balanço terminar. Entrar nesta posição confirmará que você fez um bom trabalho ao girar a parte inferior do corpo na descida. Se você não conseguir girar tão longe, você pode estar deslizando em vez de girar, e já falamos anteriormente sobre como isso pode ser um problema quando se trata de tiro empurrado. Se esta broca revelar um problema, continue trabalhando na rotação da parte inferior do corpo na descida até conseguir colocar a fivela do cinto até o alvo vez após vez.

essas duas brocas realmente não requerem nenhum equipamento extra, além de algumas luvas de golfe sobressalentes, e são fáceis de fazer durante qualquer sessão de intervalo. Ao incorporar um ou ambos os exercícios em sua próxima visita ao driving range, você pode progredir longe de seu padrão de tiros empurrados.
– Empurre tiros no jogo curto

você pode, é claro, empurrar seus tiros de jogo curto assim como você pode empurrar qualquer outro tipo de tiro. Se é um putt de três pés de distância ou um chip de fora do lado do verde, empurrando a bola para a direita da sua linha pretendida é um erro caro. Vamos encerrar nosso artigo discutindo rapidamente como os push shots podem entrar no seu jogo curto.

  • desistir de um putt. Uma maneira comum de empurrar um putt é simplesmente desistir do acidente vascular cerebral. Isso geralmente acontece quando o jogador de Golfe não tem a confiança necessária para acelerar o putter todo o caminho através da área de acerto e em direção ao alvo. Se você tiver dúvidas no fundo de sua mente sobre se vai ou não fazer o putt que está enfrentando, você pode desistir do golpe no último momento – e empurrar a bola para a direita. Este é um problema particularmente comum em putts curtos, onde você sabe que deve fazê-lo, mas ainda tem alguma dúvida sobre sua capacidade de fazê-lo. Se você tem empurrado seus putts curtos, a melhor coisa que você pode fazer é passar algum tempo durante a prática fazendo o maior número possível deles. Ao bater em putt após putt de curto alcance, você pode construir sua confiança e, com sorte, deixar essas falhas para a direita no passado.
  • bola muito para trás ao lascar. Você provavelmente foi informado de que precisa jogar a bola de volta em sua posição ao lascar, para que possa acertar o tiro com um golpe para baixo. E, até certo ponto, este é um bom conselho. No entanto, se você for longe demais e jogar a bola de volta em sua posição, você pode acabar empurrando consistentemente esses tiros para a direita da linha pretendida. Quando a bola está de volta perto do seu pé direito, é difícil esquadrar o taco corretamente no momento em que você atinge o impacto. Considere mover a posição da bola ligeiramente para a frente para seus tiros de fichas padrão-embora ainda atrás do centro-e você pode achar mais fácil acertar a linha de destino. Levará alguma tentativa e erro para discar na posição de bola perfeita para seus tiros de chip, então certifique-se de incluir algum tempo de lascar como parte de sua sessão de prática padrão.

você não precisa se sentar e aceitar os Push shots que estão custando golpes no curso. Claro, você nunca será capaz de eliminá-los completamente, mas você pode cortar caminho de volta em tiros apenas melhorando os conceitos básicos de sua técnica de balanço. Esperamos que as informações neste artigo o ajudem a progredir em direção ao objetivo de menos chutes no futuro próximo. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.